BlogBlogs.Com.Br

Seguidores - Família do Caçador de Mistérios

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Feto Agarra Mão de Médico


Boa noite a todos! Entra no ar o Caçador de Mistérios, trazendo a incrível história do feto que agarrou a mão do médico durante cirurgia! Será que foi verdade ou só mais uma fraude? Entra em ação o Caçador de Mistérios!

Nesta foto do topo da postagem, que de qualquer forma chama a atenção e nos faz pensarmos em diversas possibilidades, o bebê, que se chama Samuel Alexander Armas supostamente teria segurado a mão do médico durante o pré-natal da mãe. Nos testes foi diagnosticado que o feto tinha a coluna vertebral fissurada e não sobreviveria se não fosse operado ainda no útero de sua mãe. Tinha apenas 21 semanas.

Julie Armas, a mãe do pequeno Samuel - enfermeira obstetra em Atlanta -, ficou sabendo que o médico Dr. Joseph Bruner (Vanderbilt University Medical Center, em Nashville) poderia realizar esse tipo de procedimento cirúrgico de elevado risco em seu bebê. Assim, procurado pelos pais do bebê, o Dr.Bruner realizou a delicada cirurgia. Durante o procedimento, o médico retirou o útero do abdomem da mãe e fez uma pequena incisão para poder operar o bebê. Quando Dr. Bruner estava terminando a cirurgia, o bebê surpreendentemente estendeu sua pequenina mão pela incisão uterina ainda aberta e agarrou a mão do cirurgião com firmeza.

Um fotógrafo capturou esse acontecimento impressionante com perfeita nitidez. Os editores nomearam a foto como "Mão da Esperança". O texto a seguir, conforme publicado, explica as fotos:

"A pequena mão do feto de 21 semanas, Samuel Alexanders Armas, emerge do útero de sua mãe para agarrar o dedo do Dr. Joseph Bruner como se estivesse agradecendo ao médico pela sua vida." A mãe do pequeno Samuel diz que eles "choraram por dias" quando viram a foto. Ela disse: "A foto nos lembra que minha gravidez nada teve a ver com deficiência ou doença, mas sim com o dom de dar a vida a um pequeno ser humano."
Samuel nasceu com perfeita saúde no dia 2/12/1999. A operação foi 100% bem sucedida. Agora veja as fotos do ato cirúrgico e da criança alguns meses depois! NADA É POR ACASO...então nunca desista!!!"




Vamos ao estudo do caso?
Por mais incríveis que possam parecer, essas fotos são REAIS! Apenas algumas partes do texto é que são FALSAS!

No dia 19 de agosto de 1999, o Dr. Joseph Bruner chefiou uma equipe de cirurgiões para fazer uma operação revolucionária para a época: o feto, que tinha apenas 21 semanas de gestação, estava com uma lesão na coluna e foi submetido a um inacreditável procedimento. Os médicos abriram a barriga da mamãe, tiraram a bolsa com o pequenino dentro, drenaram o líquido amniótico, cortaram a placenta e operaram o feto. Num instante, colocaram a criança de volta lá dentro e, no dia 2 de dezembro de 1999, o pequeno Samuel nasceu forte e saudável.

A notícia se espalhou pelo mundo e ao cair na internet mudou um pouquinho. O texto que acompanha as fotos diz que o bebê agarrou a mão do doutor. Mas não foi bem assim que aconteceu.

Em entrevista ao jornal USA Today, o doutor explica que a mamãe estava completamente anestesiada e, dessa forma, o feto também estava inerte e não conseguiria fazer nenhum movimento. O Dr. Bruner conta que ele mesmo pegou a mãozinha do Samuel para testar-lhe os reflexos.

Portanto, as fotos são REAIS! Mas a história que as acompanha não são tão verdadeiras. De qualquer forma, parabéns para a ciência e para a equipe do doutor.

Continuarei a pesquisar e trazer a informação até você, leitor, porque eu sou Luiz Ramos, o CAÇADOR DE MISTÉRIOS! Até mais! Não esqueça de deixar seu voto para o Caçador de Mistérios no TOP BLOG 2010!

Fonte e Texto Original:
E-Farsas

8 comentários:

  1. Seria uma belissima historia se fosse real.
    Seria milagroso.

    ResponderExcluir
  2. E nos ultimos tempos diz a bíblia que a ciencia se multiplicaria.....esse procedimento é mais um passo que Jesus está pra voltar, quem tem ouvidos ouça o que o Espírito fala as igrejas.
    janine c de almeida

    ResponderExcluir
  3. Nathan Toschi Reis13 de março de 2011 17:17

    Paresce mesmo!!!!Sou novo no blog,vim pesquisar sobre sereias e vi esse belissimo blog.O melhor blog desse tipo que já vi.Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  4. PARABÉNS
    ACHEI DE MAIS ESSE SEU PROJETO DE DESENDAR MISTÉRIOS.
    BEIJOS
    E SUCESSO
    se poder me add no msn vivialuska@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Luiz, bom dia.

    Quando recebi este e-mail, na mesma semana tinha assistido um episódio no "Dr. House" em que ocorria uma cena como está...

    Então quando recebi o e-mail acreditava que não se passava de uma historia montada em cima do seriado.

    Fique impressionada com a historia real.

    ResponderExcluir
  6. Essa matéria eu lembro de ter lido em uma revista que estava na biblioteca da faculdade, acho que entre 2005/2006, não lembro se era Veja ou Superinteressante. Mas na revista contava essa história mesmo, entretanto, quando o médico segurou o braço do feto, este segurou o dedo do médico mesmo (como pode-se ver na 2ª foto) e o médico realmente ficou emocionado. Era isso o que dizia a revista.

    ResponderExcluir
  7. Oi. Antes de mais deixa eu dizer que seu blog é massa. Mas acontece que este post me deixou com algumas ´duvias então eu fui procurar respostas.
    Pelo que eu li o fotógrafo, Michael Clancy, lançou um livro em que fala toda a verdade dessa imagem. O dr. Joseph Burner na altura disse que foi ele que tirou a mão do menino mas parece que não é verdade não. Parece que ele só fez isso porque todo o mundo dizia que ele tinha operado a criança e que, como a criança tinha esticado a mão, ela tinha acordado da anestesia e então estáva provavelmente sentido dor e tudo. Isso foi o que eu li, mas agora ninguém sabe o que é verdade mesmo, né? Só Deus sabe o que aconteceu lá dentro da sala.

    ResponderExcluir

Política de uso de Comentários:

Todos os comentários aqui publicados são de única e exclusiva responsabilidade de seus autores e qualquer opinião contida neles não tem relação com a administração do blog. Os comentários serão respondidos publicamente nesta página ou diretamente ao autor através do seu email.

O Caçador de Mistérios adota o sistema de monitoração de comentários, a fim de evitar alguns constrangimentos, visto a diversificada classe social e faixa etária dos leitores. Os textos não serão publicados quando trouxerem em seu conteúdo:

1. Palavras chulas ou de baixo calão;
2. Calúnias e/ou acusações falsas;
3. Críticas pessoais a qualquer comentarista ou autor específico do blog;
4. Spams
5. Ou que contrariem a Constituição Brasileira.

Ao postar um comentário, o leitor declara que leu e conhece esta política de moderação do Blog Caçador de Mistérios.

Grato pela compreensão.

Google Analytics Alternative