BlogBlogs.Com.Br

Seguidores - Família do Caçador de Mistérios

domingo, 27 de junho de 2010

Sereia Aparece Depois do Tsunami


Uma boa noite, leitores do Caçador de Mistérios! Chegou a hora de desvendar os mistérios da internet! Espero que todos tenham tido uma ótima semana de Copa do Mundo. Parabéns aos nossos amigos Portugueses, também pela classificação juntamente com a Seleção Brasileira! Lá vamos nós!

Uma saudação calorosa aos novos seguidores do blog: Maria Fernanda Alves Guimarães, Diogo Simões e Rayane Hellen. Sejam todos bem vindos à família do Caçador de Mistérios, é muito bom estar com vocês!

Antes do nosso tema de hoje, quero agradecer ao comentário postado pelos representantes do Ministério da Saúde sobre o post “A Conspiração da Vacina da Gripe Suína”, que segue abaixo:

“Denunciar e Prevenir,
A vacina foi testada. Inclusive no Brasil, pelo Instituto Butantan. Com certeza, por ser uma vacina ainda nova, há diversos estudos sendo desenvolvidos a respeito. Porém, mais de 400 milhões de pessoas já vacinaram no mundo e 81 milhões de pessoas apenas no Brasil, sem efeitos adversos graves. Em todas as campanhas de vacinação, realizadas pelo mundo, surgem teorias de que estas imunizações causam sérios danos ou até morte. Porém, estes fatos não são verdadeiros. Nosso país tem tradição em campanhas de vacinação. Já erradicou doenças e diminuiu os danos causados por muitas outras. A vacina é justamente para ajudar a diminuir os males provocados por um vírus que matou milhares de pessoas pelo mundo e, centenas no Brasil. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), os principais efeitos colaterais da vacina são dores de cabeça, nos músculos e articulações e febre. São sintomas leves, que devem durar cerca de dois dias. Em casos mais raros, pode haver reação alérgica. De acordo com o último boletim, divulgado em janeiro de 2010, o Brasil teve mais de 27 mil casos de Influenza H1N1. Destes, 1.632 evoluíram para óbito. Esses números mostram a gravidade da doença no Brasil. Por isso o Ministério da Saúde está cumprindo sua responsabilidade de promoção, prevenção e assistência à saúde dos brasileiros.

Att,

Ministério da Saúde
comunicacao@saude.gov.br”

Muito obrigado por estarem contribuindo para a seriedade deste blog. As portas estarão sempre abertas para vocês recomendarem estas informações aos leitores deste site.

Bem, no nosso tema de hoje, estarei respondendo a uma dúvida enviada pela leitora Jennifer Beatriz Garcia, no dia 21 de junho deste ano. No e-mail, ela disse que quer saber se existem as sereias. Ela nunca acreditou, mas quando estava navegando pela rede, encontrou algumas fotos referentes a criaturas estranhas que supostamente apareceram depois do Tsunami. Entre as fotos, estavam sereias. Entra em ação o Caçador de Mistérios!

A história envolvendo as sereias e seus “parentes”, chamados de sereianos se originou por volta de 5.000 a.C. Os primeiros sereianos eram considerados deuses pela cultura pagã das civilizações antigas.
Segundo as crenças, os babilônios teriam começado a adorar estes seres lendários neste período, por motivo de seu deus Ea (o deus do mar). Segundo a lenda, os babilônios receberam destes seres os conhecimentos sobre artes e ciências.

A imagem da bela sereia com cabelos compridos, à qual estamos acostumados surgiu na Idade Média. Geralmente representada sentada em uma pedra ela canta uma canção irresistivelmente doce enquanto penteia seus cabelos e olha, distante, para um espelho.

Diversas teorias tentaram explicar a obsessão da sereia com seus cabelos. Alguns dizem que um artista anônimo, copiando uma imagem já deteriorada pelo tempo, cometeu alguns erros e todos os artistas copiaram esse mesmo erro. Segundo essa teoria, seu “pente” teria sido, originalmente, um plectro (uma palheta usada para tocar instrumentos de corda), enquanto o “espelho” seria o próprio instrumento, talvez uma lira. Outra explicação sugere que o espelho e o pente simbolizam a vaidade e a beleza feminina, características que, acreditava-se, levam o homem à destruição.

Apesar da crença nos sereianos existir há muitos séculos, essas criaturas nunca foram encontradas, até algum tempo atrás, quando começou a circular na Internet algumas fotografias de criaturas muito semelhante a sereias, que foram encontradas em diversas situações.

Então, como o assunto sobre sereias é extenso, vou apresentá-lo por casos:

Caso nº 1 – Sereia de Manaus

Este caso já foi meio que comentado aqui no Caçador de Mistérios, pois era uma outra sereia. Tratava-se de uma suposta sereia que tinha aparecido na Amazônia. Segundo um pescador da região, ela foi vista saindo da água e tentando segurar o barco onde ele estava. Com medo, o pescador relatou que bateu na sereia com o remo e a trouxe para a terra firme, onde a criatura havia morrido. Toda a história você poderá conferir clicando aqui.

Caso nº 2 – Sereia do Tsunami

Segundo o e-mail que está circulando pela rede desde agosto do ano passado, várias criaturas foram encontradas após o Tsunami. Entre elas, temos mais uma sereia! Apesar da foto aparentemente não ter sofrido nenhum retoque digital, essa história é FALSA!

Pesquisando pelo termo "Sereia" no Google, descobrimos que essas criaturas mitológicas parte mulher e parte peixe são filhas do rio Achelous e da musa Terpsícore. Habitavam os rochedos entre a ilha de Capri e a costa da Itália. Cantavam com tanta doçura que atraíam os tripulantes dos navios que passavam por ali para os navios colidirem com os rochedos e afundarem. Odisseu, personagem da Odisséia de Homero, conseguiu salvar-se porque colocou cera nos ouvidos e amarrou-se ao mastro de seu navio.

Como a internet é rápida para disseminar notícias e boatos (como eu sempre digo: uma superfofoca digital), naturalmente as mesmas sofrem diversas alterações, podendo entrar em contradição quando se trata de local e como apareceu. Entre as discordâncias, ela foi encontrada no Brasil, na Índia, na África e no México.

Na verdade, esse bicho é um BONECO! Sim, ele foi feito pelo artista Juan Cabana e o cara ainda colocou a sua criatura à venda no E-bay (o Mercado Livre dos americanos) por $ 1.550,00 (mais $200,00 de despesas postais).
No site de Juan há outras fotos de outras "sereias" que o cara fez, veja abaixo uma foto de um outro trabalho de Cabana:


Caso nº 3 – Criaturas Estranhas Após o Tsunami na Ásia


Uma das maiores catástrofes naturais que já aconteceu na história recente do ser humano ainda rende e renderá muita conversa!


No dia 26 de dezembro de 2004, como todo mundo sabe, uma onda avassaladora acabou com a vida de milhares de pessoas na Ásia. É até "normal" que surjam histórias e mais histórias sobre esse acontecimento. E é até mais "normal" ainda surgirem histórias falsas sobre o maremoto.


Foi o que aconteceu com as fotos acima e abaixo. O texto que as acompanha diz se tratar de animais das profundezas do oceano e que essas foram trazidas à praia pelo maremoto. Apesar das fotos serem reais, o resto é tudo MENTIRA!


Essas imagens foram tiradas em 2003 pela junta expedicionária formada pela Austrália e Nova Zelândia e faz parte do acervo do site NORFANZ.


Segundo o site (que é mantido pelo governo Australiano), de maio a junho de 2003, os caras encontraram esses estranhos animais durante as expedições nos mares da Tasmânia. Porém, todos são conhecidos da fauna marítima.

Então, fica esperto! Essas não serão as últimas fotos que você verá por aí... Muitas outras ainda virão.

As fotos são REAIS! A história é FALSA!

Caso nº 4 - Tsunami na Índia

Mais uma foto do tsunami na Índia. Será real? Ou mais uma farsa da Web?
Analise bem a foto acima e vamos fazer um estudo do caso.
No mundo todo essa imagem ganhou várias versões:
* Uma versão diz que essa foto foi batida por um funcionário da Kellogg's;
* Outra diz que essa foto foi encontrada no site da Lions Clube da Autrália;
* A mais famosa de todas conta que essa fotografia foi tirada pela câmera de segurança do Hotel Sheraton, na Indonésia.

De qualquer maneira, existem vários indícios que provam a FALSIDADE da fotografia:
1- A onda:
Além das óbvias falhas na foto-montagem, podemos citar o fato de que as ondas gigantes, antes de chegarem à praia, puxam o mar "para dentro", deixando uma enorme faixa de areia na praia.
Como mostrou numa reportagem do programa Fantástico (na rede Globo), a tsunami teve seis metros de altura e 20 Km de extensão. A onda da foto parece ser muito maior do que isso;

2- Os carros na estrada:
Parece que os carros estão trafegando sossegados pela faixa da direita. É muito estranho o fato dos motoristas estarem andando tranqüilos em uma via próxima à praia (ainda mais com uma onda dessas se aproximando!)
Outra coisa que comprova a farsa é que lá na Tailândia os motoristas andam pelo lado esquerdo da via, e não pela direita como mostra a foto!

3- A cidade que aparece na foto:
A cidade que está na foto não fica na Tailândia, muito menos na Ásia. Na verdade, trata-se da chilena Antofagasta, aqui mesmo, no nosso continente!
Veja a foto real abaixo:

Então, fica esperto! Repito que essas não serão as últimas fotos que você verá por aí... Muitas outras ainda virão.
A foto é FALSA! A cidade da foto original é a Antofagasta, que fica no Chile. Algum engraçadinho fez a manipulação digital.

Caso nº5 – Tsunami na Ásia

Seqüência de fotos mostram ondas gigantes na Ásia! Será verdade?
Não podemos negar que o maremoto que inundou várias regiões da Ásia, matando mais de 100.000 pessoas, fez e ainda fará circular pela rede muitas fotos de péssimo gosto - crianças afogadas, corpos dilacerados e/ou apodrecidos, casas inundadas...
Apenas dois dias se passaram depois da tsunami para sermos inundados com as fotos apresentadas acima. Existem até versões em "bonitas" apresentações de Power Point!
É claro que várias histórias foram criadas a partir dessas fotos. A verdade é que essas fotografias não são do tremor no mar!

Segundo o jornal "The Citizen" (imagem acima), o fato não aconteceu em 2004, mas em 2002. Ainda, não aconteceu na Tailândia.
O incidente mostrado nas fotos acima aconteceu mesmo no rio Qian Tang Jiang, em Hangzhou, na China. A exemplo do que acontece aqui no Brasil com o nosso rio Amazonas, lá eles também tem pororoca! E a pororoca deles também é grande!
Note na ampliação de uma das fotos que, pela expressão dos assistentes, o que se pode notar é alegria na fisionomia dos chineses:


É um costume do pessoal de lá fazer uma espécie de festival para poderem assistir ao fenômeno que acontece de tempos em tempos.


Como os caras já sabem mais ou menos quando o esquema vai acontecer, eles já ficam esperando com a câmera fotográfica na mão.


Então, mais uma vez: fica esperto!


As fotos são REAIS! Mas não são do maremoto da Ásia. Isso é uma POROROCA CHINESA!

Caso nº 6 – Sereia do Taiti

Um e-mail circulando pela internet mostra fotos de uma sereia encontrada no Taiti (mais uma!).
Será verdade? Será montagem? O que será?
Veja a foto acima. Parece com alguma criatura conhecida?
Segundo o texto que acompanha a foto, esta sereia foi encontrada em uma praia do Taiti, por pescadores, a mais ou menos 500 metros da orla. Foi notícia no país inteiro!
Realmente é muito difícil de acreditar que foi descoberto uma peça de tão grande valor científico e nada se falou a respeito na TV ou nos jornais.
Mesmo assim, depois de tantos anos, essa múmia de sereia ainda está com os cabelos intactos?

O site de turismo Via Turismo explica que a Polinésia Francesa é genericamente conhecida pelo nome de Taiti, embora Taiti seja apenas a maior de um grupo de 118 ilhas, divididas em cinco arquipélagos no Pacífico Sul, fica longe de tudo. Os arquipélagos da Polinésia estão espalhados numa área de medida equivalente ao tamanho da Europa. A Polinésia é uma espécie de cordilheira submersa, de origem vulcânica, da qual só se vêem os picos.
Bem, depois desta explicação, em qual das ilhas foi achada essa sereia? Não sabemos.

Procurando no site de buscas Google, não encontramos nenhuma notícia relacionada com o precioso achado. Os únicos endereços achados foram os de Blogs e sites que reproduziram esse mesmo e-mail. Em nenhum há a explicação ou estudo da mesma. Os únicos dois portais que se preocuparam em pesquisar a sereia foram os seguintes E-Farsas e Sobrenatural.org:

Nos dois sites existe a seguinte explicação:
Essa sereia pertenceu ao colecionador P. T. Barnum (EUA – foto acima) e que passou para o acervo de Robert L. Ripley, criador dos desenhos e documentários Beleive it, or not ("Acredite se quiser"). Pelo menos sete "sereias" do gênero, provenientes das Ilhas Fiji, estão em exposição somente nos EUA. Robert L. Ripley mostra a "sereia" que era uma das peças preferidas de sua imensa coleção de curiosidades e "esquisitices".

Numa outra página, a Ufo Gênesis, é explicado o seguinte:
A "sereia" era na verdade a junção da parte superior de um macaco e da parte inferior empalhada de um enorme peixe.

O site Museu dos Hoaxes conta que essas "sereias" foram feitas em 1842 nas ilhas Fiji, no Japão e foram trazidas para os Estados Unidos pelo Show Man e empresário P. T. Barnum.

Pesquisando mais sobre P. T. Barnum, descobrimos que ele foi um homem de visão e dono de um famoso circo chamado Barnum & Bailey. Nesse circo, várias "aberrações" da natureza viravam atrações tais como: a Mulher Barbada e o Menor Anão do Mundo. Como ele tinha bastante jeito com Marketing, fez fortuna.

Conta-se que, certa vez, ele escreveu em cima de uma porta a palavra "EGRESSO" e cobrou 5 dólares de cada curioso para que esses pudessem passar pela porta e descobrir o que havia do outro lado. Só depois de passarem pela porta é que se descobria que "egresso" é sinônimo de "saída"!

Longe de ser um farsante, P. T. Barnum foi uma pessoa muito inteligente na sua época para saber aproveitar as oportunidades.
Mas, voltando à sereia, algumas dessas bonecas foram vendidas para o colecionador Robert L. Ripley, criador daquele programa antigo "Acredite se Quiser", com o Jack Pallance.

Ripley fundou vários museus nos Estados Unidos e México onde são expostos uma enorme quantidade de múmias, sereia, fotos e outras bizarrices.
Mais uma Sereia pescada na Internet.
As fotos são REAIS, mas a história é FALSA!

Bem, nesta matéria, colaborou a estimada leitora Jennifer Beatriz Garcia, com sua dúvida sobre as sereias. Como eu costumo informar, este blog visa se tornar o portal de mistérios que possui mais informações e detalhes da internet. Isso por causa de muitas vezes acessarmos um determinado site e encontrarmos uma figura; quando acessamos outro site, encontramos mais figuras relativas ao tema. Por que não criam um site que vem com TODAS as informações sobre um determinado assunto? Por isso, criei o Caçador de Mistérios, seu site de curiosidades e hoax da internet.

Espero que eu tenha conseguido explicar a dúvida da Jennifer, assim como a de muitos leitores do Caçador de Mistérios.

Faça como ela e envie sua história para o blog no e-mail henriqueimamuraninja@hotmail.com. E lembre-se: aproveite sua visita de hoje para votar no Caçador de Mistérios para o TOP BLOG 2010. Depois de votar, é necessário conferir sua caixa de e-mail, para confirmar o voto. Eu, Luiz Ramos agradeço a consideração prestada, muito obrigado.

Continuarei a pesquisar e trazer a informação até você, leitor, porque eu sou Luiz Ramos, o CAÇADOR DE MISTÉRIOS! Até a próxima postagem! Para o Caçador de Mistérios, comentários são mais valiosos do que prêmios, por isso, esteja à vontade para comentar!

Fontes e Sites Pesquisados:
E-Farsas - Sereia após o Tsunami
E-Farsas - Criaturas Estranhas na Índia após o Tsunami
E-Farsas - Tsunami na Índia
E-Farsas - Tsunami na Ásia
E-Farsas - Sereia do Taiti
Caçador de Mistérios – Sereia de Manaus
Juan Cabana
E-Bay
O Manual do Bruxo - Sereianos e Sereias (Um Dicionário do Mundo Mágico de Harry Potter)
Conspiração da Vacina da Gripe Suína
NORFANZ
Via Turismo
Sobrenatural
UFO Gênesis
Museu dos Hoax

sábado, 19 de junho de 2010

A Volta da Escada Milagrosa


Boa tarde, leitores do Caçador de Mistérios! Chegou a hora de desvendar os mistérios da internet! Para nosso espanto, hoje vamos desvendar um caso apresentado aqui mesmo, no Caçador de Mistérios!

Calma, pois é mais simples do que se possa imaginar. Sempre costumo informar antes que este blog visa PESQUISAR matérias já publicadas em outros sites de mistério. Todas as vezes que vou postar, sempre verifico antes alguns sites de confiança e seriedade, como o E-Farsas, o Ceticismo Aberto, o Quatro Cantos e o Mensagens Subliminares (que atualmente se encontra com um novo layout).

Sempre busco colocar os links destas pesquisas na parte de Fontes e Textos Originais, para os créditos dos sites. Se não encontrarem referências das pesquisas em outros sites, é considerado PLÁGIO. Tem que ter o link dos sites pesquisados.

Bem, mas voltando ao assunto do dia, trata-se do tema "O Mistério da Escada", apresentado aqui no Caçador de Mistérios no dia 25 de novembro de 2009. Para verem a primeira postagem, cliquem no nome do tema acima.

A conclusão do tema apresentada pelo blog foi a seguinte:
"O caso nunca foi investigado pelo Vaticano, mas a lenda ganhou vida. A cada ano, cerca de 200 casais escolhem a capela - e a escada - como cenário de casamento. Por mais incrível que pareça, as fotos são REAIS e a história TAMBÉM! Eu sou Luiz Ramos, o Caçador de Mistérios! Até a próxima postagem!"

Lamento o engano a todos, pois quando eu estava a pesquisar algumas curiosidades na internet, encontrei no site do E-Farsas a resposta deste caso. Lembrando a todos que provavelmente por eu ser católico, deixei me levar pela primeira impressão e não me contive nos detalhes tanto das fotos quanto da história. Peço desculpas pela parcialidade. Entra em ação o Caçador de Mistérios!

Vamos ao estudo do caso!
Essa história possui algumas versões e circula desde o ano de 1997.

O texto vem acompanhado de algumas imagens que mostram uma incrível escada que teria sido construída por obra de um milagre! Segundo a apresentação de Power Point, freiras da Capela de Loretto - na Cidade de Santa Fé, no Novo México, EUA - perceberam que a construção da capela estava chegando ao fim e que, sabe-se lá por que, esqueceram de construir a escada que as levariam ao piso superior.

E agora? As freiras ficaram desesperadas!

Foi então que, segundo o e-mail, apareceu um carpinteiro do nada e realizou a obra da escada.

Em pouco tempo o carpinteiro misterioso criou a maravilhosa escada que, de acordo com o texto, não possui apoio para se manter de pé! Um verdadeiro milagre.

Vamos ler abaixo o e-mail original sem edições ou correções gramaticais:

"Recebido em junho de 2007 - (foram removidas as imagens do texto original)
Cidade de Santa Fé, estado do Novo México, Estados Unidos. Lá, um mistério que já dura 130 anos atrai fiéis e turistas. Destino: Capela Loretto.
Cerca de 250 mil visitantes por ano procuram a capela em busca de uma resposta. O que torna a capela diferente de todas as outras é que o personagem do suposto milagre ocorrido nela é uma escada.
"Pode ser que exista algo de milagroso, porque a escada foi construída em pouco tempo, com pouco equipamento", explica uma visitante.
Quando a capela ficou pronta, no fim do século 19, as freiras sentiram falta de uma escada que as levasse até o pavimento superior. Elas passaram nove dias rezando para São José, que era carpinteiro.
Um desconhecido bateu na porta da capela no último dia. Disse que era carpinteiro e que poderia dar conta da tarefa. Ele construiu, sem ajuda de ninguém, a escada que é considerada um prodígio de carpintaria: ninguém sabe
como ela ficou de pé. A escada não tem um suporte central.
Depois, o carpinteiro - que não usou prego nem cola para construir a escada - sumiu sem deixar vestígios. Nem esperou para receber o pagamento.
Uma lenda nasceu na cidade de Santa Fé, que passou a acreditar que o carpinteiro na verdade era São José, enviado por Jesus para atender as súplicas das feiras.
Desde então, a escada passou a ser chamada de "milagrosa", e virou ponto de peregrinação e atração turística.
"Há três mistérios aqui. O primeiro mistério é que não se sabe, até hoje, quem é o homem que construiu a escada, a portas fechadas. Segundo mistério: arquitetos, engenheiros e cientistas dizem que não entendem como a escada se equilibra. E o terceiro mistério: de onde veio a madeira? Já fizeram análises e não existe nada parecido em toda a região", explica o porta-voz da igreja.
Um detalhe só reforçou a crença no suposto milagre: a escada tem 33 degraus, a idade de Cristo. O caso nunca foi investigado pelo Vaticano, mas a lenda ganhou vida. A cada ano, cerca de 200 casais escolhem a capela - e a escada - como cenário de casamento."


Será que isso é verdade?

Antes de responder a essa pergunta, tenho que deixar uma coisa bem clara aqui: MILAGRE é todo e qualquer fenômeno em que a ciência não consegue encontrar explicação. Para os religiosos, o milagre é atribuído à intervenção divina (de Deus ou dos deuses, dependendo da religião!). No caso do cristianismo católico, as autoridades eclesiásticas enviam amostras ou autorizam cientistas a pesquisarem a analizarem objetos e efeitos supostamente milagrosos. Se a Ciência e a Parapsicologia não encontrarem explicação lógica para o fato, começa o procedimento para averiguar e atestar o milagre. Uma observação à parte: faz-se um estudo de 100 anos (neste espaço de tempo substituem-se os pesquisadores, é claro) sobre a vida da pessoa que serviu de instrumento para o acontecimento do suposto milagre. Ela deverá possuir em seu histórico de vida a pobreza, a obediência e a santidade de vida e atos, além de pelo menos ter dois milagres atribuídos (nesse momento, entra a ciência). Somente depois deste estudo minucioso, acontece a canonização da pessoa, levando-a a condição de SANTO ou SANTA.

Não quero, de maneira alguma, "mexer" com nenhuma religião, em especial a minha própria, que é o pivô deste caso. Também não estou aqui afirmando que milagres não existem. Muito pelo contrário, creio que os verdadeiros cristãos católicos deveriam procurar saber mais sobre os milagres de sua Igreja. Só por curiosidade de crédulos e incrédulos: Procurem sobre os Milagres Permanentes conhecidos como "Milagre de Lanciano" e "Nossa Senhora de Guadalupe".

Assim como no E-FARSAS e qualquer outro site de mistérios, a função do autor é a de apurar os fatos e ver o que tem de real e o que tem de falso nas histórias apresentadas. De qualquer maneira, comentários serão bem-vindos, mesmo que sejam "destrutivos"!

Voltando à escada, sim, ela EXISTE MESMO! Fica no Novo México - EUA, na Capela Loretto. A fama da escada é tão forte que fizeram até um filme com ela. The Stairgate ou O Milagre da Fé (título em português), de 1998, conta a história da Madre Madalyn (Barbara Hershey) e de seu sonho de terminar a construção da Capela antes de sua morte. Eis que chega na cidade um carpinteiro habilidoso que consegue terminar a construção da escada e, assim, a irmã pode descansar em paz.

Mas, a única coisa real no texto é isso: A escada existe mesmo. E, apesar de ser uma belíssima construção, não há nada de milagroso nela. Mostraremos a seguir, mas antes, vamos analisar alguns pedaços do texto:

"Pode ser que exista algo de milagroso, porque a escada foi construída em pouco tempo, com pouco equipamento", explica uma visitante.

Não podemos tomar a opinião de um visitante sem nome. Qualquer um pode dizer o que quiser e acreditar no que quiser. Depois, o texto afirma que após dias de orações, um carpinteiro bateu à porta se oferecendo ao trabalho. Como ele saberia do problema? Imagina-se que, àquela altura do campeonato, a cidade inteira já estava sabendo que a capela estava sendo construída e que faltava uma escadaria, ou será que não?

Até aí, temos apenas suposições! Nada que podemos rebater com provas. Então, eis que surgem os trechos nos quais podemos provar que tudo não passa de lenda:

"..Ele (o desconhecido) construiu, sem ajuda de ninguém, a escada que é considerada um prodígio de carpintaria: ninguém sabe como ela ficou de pé. A escada não tem um suporte central."

Nas fotos mostradas na apresentação de Power Point podemos ver apenas um lado (literalmente) da história!

Como podemos notar na imagem acima, não há um suporte central na escada, no entanto, em outras fotos que encontramos na internet, podemos ver que há suportes fixando a escada nas paredes:

Foto: Joe Nickell - CSICOP

A ideia foi, sem dúvida, sensacional! Substituir um único apoio central por vários apoios laterais foi uma jogada de mestre. Construída sem corrimão, a escada parecia uma mola (que era muito instável quando era usada pelas freiras) e teve sua primeira reforma - anos depois - quando o artesão Phillip August Hesch acrescentou o equipamento, dando maior segurança à construção.

De acordo com o escritor Joe Nickell - na página 52 de seu livro "Real-Life X-Files - Investigating the Paranormal", para se evitar acidentes, atualmente a escada está fechada ao público. Pode-se apenas tirar fotos dela. Subir? Nem pensar! Deve ser por isso, também, que ela esteja de pé até hoje!

Voltando ao texto, o milagre estaria também no fato do tal carpinteiro sem nome ter construído a escada sem usar pregos ou cola. Isso também não pode ser considerado milagre. Se fosse assim, muitas das obras construídas pelo chineses, há centenas de anos, seriam também consideradas milagres, visto que técnicas de encaixe - como podemos ver nesse site - são conhecidas pelo homem há séculos.

De acordo com os blogs Sehanopinion e Ghost Stories, a pesquisadora e escritora Tamar Stieber afirmou - em um artigo para a Revista Novo México, em 2000, que o carpinteiro misterioso chamava-se Francois-Jean Rochas. Não sabemos se podemos confiar em apenas um relato, por isso fomos atrás de outros que confirmassem essa história. Os blogs Stony Creek Digest e o Ceticismo.net nos contam que um historiador chamado Jean Mary Cook confirmou a identidade do carpinteiro em seu livro, depois de analisar o obituário de Rochas. Em seu livro "Loretto: The Sisters and Their Santa Fe Chapel" Cook ainda afirma que as irmãs teriam dado 150 doletas em pagamento ao tal Rochas pelas madeiras.

Por último, o texto afirma que não se sabe de onde veio a madeira para a construção dos degraus. De acordo com Joe Nickell, exames feitos com amostras da madeira comprovaram que o construtor teria usado um tipo da família Pinaceae e do gênero Picea. Só não foi determinado nos testes qual dos vários tipos de espruces, porém, sabe-se que são encontradas no Hemisfério Norte.

Portanto, agora sim, a conclusão definitiva:
Uma história muito bonita, porém, não há nada de milagroso nela!

Continuarei a pesquisar e trazer a informação até você, leitor, porque eu sou Luiz Ramos, o CAÇADOR DE MISTÉRIOS! Até a próxima postagem! Não esqueça de deixar seu voto para o Caçador de Mistérios no TOP BLOG 2010! Comentários serão bem-vindos!

Fontes e Textos Originais:
O Caçador de Mistérios
E-Farsas

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Contatos de Quarto Grau


Boa noite a todos os Caçadores de Mistérios! Chegou a hora de desvendar os mistérios da internet!

Mas antes do nosso tema de hoje, um abraço e boas vindas ao novo seguidor Mr.Lis! Seja bem vindo à família do Caçador! Espero que conhecendo este blog, possa estar preparado para as artimanhas da internet.

Hoje, temos polêmica no ar. Quem já assistiu o recente filme "Contatos de Quarto Grau"?
Incrivelmente, o filme nos apresenta supostas evidências de abduções e até mesmo revelações que chocariam a comunidade cristã, como uma voz que afirmava ser DEUS no fim do filme.

Em uma de minhas corriqueiras conversas sobre o blog em meu ambiente de trabalho, eu conversava com um amigo chamado Martins e este assunto foi colocado no meio das histórias. Como eu mesmo tinha o vídeo em casa e não havia tido nenhum conhecimento dos fatos no meio ufológico, procurei investigar o filme para levar a resposta não somente ao meu amigo de trabalho, mas também a vocês, leitores. Não deu outra! Hoje, achei algo que resolverá esta questão. O filme seria mesmo baseado em fatos? Ou será mais um marketing viral? Entra em ação o Caçador de Mistérios!

“Contatos de Quarto Grau” (The Fourth Kind, 2009) é um thriller provocativo que ocorre no povoado de Nome, Alaska, onde — “misteriosamente” desde a década de 1960 – a todo ano resulta um número desproporcional de pessoas desparecidas.

O diretor e escritor do filme, Olatunde Osunsanmi, diz que esta foi baseada em fatos. Supõe-se que desde a década de 1960 ocorreu uma série de desaparecimentos e mortes misteriosas.

Nesta remota região, a psicóloga Dra. Abigail Tyler (interpretada pela atriz Milla Jovovich - Resident Evil e Joana D'arc) começa a filmar suas sessões de hipnoterapia clínica com pacientes traumatizados e, sem saber, descobre algumas das evidências mais inquietantes de abduções alienígenas que já foram documentadas.

Usando “imagens de arquivo nunca antes vistas”, integradas ao filme, “Contatos de Quarto Grau” expõe as terríveis revelações de múltiplas testemunhas. Todos os pacientes relatam ter sido visitados por figuras extraterrestre e compartilham detalhes inquietantemente idênticos.

Mesmo a comunidade ufológica crente em abduções desconhece o caso (e se supõe que deveriam estar cientes), o que é muito pouco comum.

O que há de verdade em todo este assunto? Quem é a doutora Abigail Tyler? Existe o Alaska Psychiatry Journal (onde, supostamente, a doutora publicou suas investigações)? São reais os “vídeos das sessões de hipnose”? Foram abduzidos os habitantes de Nome?

Comecemos por esta parte. Em 2005 o FBI enviou detetives de homicídios para investigar uma série de desaparecimentos e mortes sem solução em Nome, Alaska. A maioria das vítimas eram campesinos indígenas. Entre os anos 1960 e 2004, mais de 20 pessoas morreram ou despareceram misteriosamente. Originalmente pensou-se que os desaparecimentos estavam vinculados a um assassino em série. O FBI determinou que não era o caso, e a conclusão final dada a conhecer em 2006 estabelece que “o consumo excessivo de álcool e um duro clima invernal” eram os culpados pelos desaparecimentos.

Como vemos, não se fala nada de extraterrestre nem de abduções. Mas talvez se deva ao encobrimento (esta “explicação” sempre é usada por ufólogos fanáticos). Busquemos, então, à doutora Abigail Tyler, de Nome, Alaska. O buscador Google nos dirige ao site do Alaska Psychiatry Journal, que proporciona uma “biografia” da doutora Tyler com “artigo relacionados” a temas de transtornos do sono, problemas emocionais, hipnoterapia e terapia de regressão. No entanto, o website não tem uma página web ou informação de contato. Uma verdadeira publicação médica online teria essa informação.

O Alaska Psychiatry Journal não existe. Caso se leia o chamado “estudo de caso” e pergunte a alguém que tenha tido aulas de psicologia na universidade, alguns dirão que esta não é a forma como se escreve um artigo acadêmico, não há nenhuma citação nem fontes. Também, caso se leia, é como se um estudante de primeiro ano de psicologia houvesse escrito o artigo de investigação, não um “estudo de caso” redigido por doutores. Todavia o pior é o artigo dos “doutores” Burden e Tyler.

Fazendo uma busca rápida no Whois do endereço URL, resulta que está registrado através de uma companhia de fachada, preservando assim a identidade dos responsáveis, o que torna o site anônimo. E que nem sequer existia até 13 de agosto de 2009. Assim há dúvidas muito sérias de que seja legítimo e, o mais provável é que seja marketing viral do filme. O site já se encontra fora do ar, poucos meses depois.

Tudo isto nos leva à conclusão de que os websites que mencionam a doutora Tyler são um estratagema de marketing viral, como a promoção para o filme 2012 e o Institute for Human Continuity.

Buscando no diretório do Estado, as organizações psiquiátricas, as universidades que proporcionam licenças, de nenhum deles consta a doutora ou sua prática. Na web há uma falta geral de informação, escolástica e pessoal de Abigail.

Outro problema são as cenas de Nome que aparecem nos “clipes reais”. A cidade que se mostra não é Nome, Alaska. Nome está em Sonda, não encravada em um vale de montanha. O diretor da Câmara de Comércio de Nome, Mitch Erickson, viu trechos do filme. ‘Essa Nome fictícia é um lindo lugar’, disse. ‘Gostaria que tivéssemos essas árvores’. A Câmara Oficial de Comércio refuta a informação e publicação do estúdio de filmagem. Abaixo, a imagem cinematográfica de Nome à esquerda e o aspecto original da cidade à direita (com neve).

Com relação aos mesmos “clipes reais” ou “imagens de arquivo”. Toda menção a eles está em sites suspeitos que não têm informação de contato, que surgiram coincidindo com o lançamento do filme.

Finalmente, o próprio site do filme nos proporciona vários links, mas nenhum deles relacionado às supostas abduções de Nome. Há um blog em particular que descreve toda a atividade ufológica no Alaska. Para Nome só há 8 casos que vão de janeiro de 1908 a setembro de 1967. Nenhum deles é de abdução e não há nada nos anos 2000.

Após o lançamento do filme, em novembro de 2009, jornais do Alaska também protestaram porque o marketing do filme chegou ao ponto de não apenas inventar periódicos fictícios como o Alaska Psychiatry Journal, como criar artigos falsos para publicações reais como o Daily News-Miner, que o negou veementemente.

Portanto, o filme é FICTÍCIO. Nenhuma das afirmações coincidem com a realidade dos relatórios e aspectos do local. Apenas se tratava de marketing viral para o lançamento do filme, levando consideração que resultaria em processo por mentir deslavadamente, pois nos trailers e no próprio filme, a atriz Milla Jovovich afirma categoricamente que é tudo verdade.

Assim como Atividade Paranormal o filme tenta trazer o espectador para o mundo real mostrando cenas supostamentes reais. E para falar a verdade, realmente convence a mentes mais sensíveis à persuasão dos atores.
Quem for ao Google procurar mais informações apenas encontrará informações de que tudo é voltado para a ficção do filme. O trailer é para atrair atenção das pessoas.

Porém, não é pra tanto drama também. Uma boa jogada de marketing. Só. Do mesmo jeito que foi na época de A Bruxa de Blair. Quem leu as críticas mais sérias, na época do lançamento, já sabia disso.

Continuarei a pesquisar e trazer a informação até você, leitor, porque eu sou Luiz Ramos, o CAÇADOR DE MISTÉRIOS! Até mais! Não esqueça de deixar seu voto para o Caçador de Mistérios no TOP BLOG 2010!

Fonte:
Ceticismo Aberto

segunda-feira, 14 de junho de 2010

CNH Será Cancelada Após 30 Dias de Vencida


Boa noite, leitores do Caçador de Mistérios!
Vamos a mais um caso da internet, e dessa vez, especialmente para os condutores. Isso mesmo, falaremos sobre as Carteiras Nacionais de Habilitação. Existe uma história que está circulando pela internet que afirma o cancelamento da mesma após 30 dias de vencida! Será verdade, ou apenas mais um hoax para alarmar os motoristas? Entra em ação o CAÇADOR DE MISTÉRIOS!

Vamos ler abaixo a mensagem original, sem edições ou correções gramaticais:
"Leia e repasse, essa é muito importante para vc que é motorista.
UTILIDADE PÚBLICA

NOVAS REGRAS PARA O VENCIMENTO DA CARTEIRA DE HABILITACAO (REPASSE)

Importante ler repassar para os amigos. COMEÇAR JÁ É METADE DE TODA A AÇÃO! DIVULGUEM!!!!!!!

ATENÇÃO
Vencimento Carteira Nacional de Habilitação

Foi criada uma lei, na mesma época em que foi criada a lei seca, que só pode ser renovada a carteira durante o prazo de no máximo 30 dias após o vencimento da mesma.

Após este prazo, a carteira é cancelada automaticamente e o condutor será obrigado a prestar todos os exames novamente: psicotécnico, legislação e de rua, igualzinho a uma pessoa que nunca tirou carteira.

Esta lei não foi divulgada como a lei seca e mais de 3.000 pessoas só na cidade de SP no mês de outubro de 2008, perderam suas carteiras de habilitação e terão de repetir todos os exames.

Fiquem atentos quanto ao vencimento de sua CNH.
Só por alto, fora a multa, para tirar novamente a CNH, fica por volta de R$ 1.200,00 e leva + ou - de 2 a 3 meses, isso se você passar por tudo da 1ª vez.

As mudanças começaram a valer no dia 1º de janeiro de 2010.Serão incluídos novos conteúdos, além de uma nova carga horária.

O Diário Oficial da União (DOU) publicou (22/11/2008) uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) que altera as regras para quem vai tirar a carteira de motorista.

Entre as mudanças está a carga horária do curso teórico que vai passar de 30 para 45 horas aula e a do prático, de 15 para 20 horas aula. Serão incluídos novos conteúdos, como as conseqüências da ingestão de bebidas alcoólicas e cuidados especiais com motociclistas.

As mudanças começam a valer no dia 1º de janeiro de 2010. Quem já tiver iniciado o processo antes disso ainda vai pegar as regras antigas.

ALÉM DISSO: Providenciar com urgência a retirada do plástico e trocar o extintor por um cheio.

Mais uma regulamentação - sem a devida divulgação!!!!

Agora é norma do CONTRAN e dá uma multa de R$ 127,50 para quem for apanhado fora da lei :
O extintor de fogo obrigatório do carro tem que estar livre do plástico que acompanha a embalagem.

Tire a embalagem plástica e deixe o acesso ao extintor livre.

Não esqueça -- se um policial rodoviário, estadual ou federal parar seu carro e verificar que o extintor está protegido pelo saco plástico - ele vai te autuar - 5 pontos na carteira;
e você só segue viagem após tirar o plástico, desde que o bendito extintor esteja com a validade em dia ( e mais os tais R$ 127,50 ).

AJUDE SEUS AMIGOS E REPASSE, AFINAL ESTA É MAIS UMA "MARACUTAIA" QUE O GOVERNO FAZ PRA TOMAR NOSSO DINHEIRO E NOSSO TEMPO...
Caso ela só vença nos próximos anos, fixe um aviso no final da agenda e vá passando para a próxima ao trocá-la"



Vamos ao estudo do caso!

Essa mensagem circula pela web desde o começo de 2009 e fala de uma suposta lei que cancelaria a Carteira Nacional de Habilitação após 30 dias do vencimento da mesma e o seu portador teria que refazer todos os exames e testes novamente!

Vamos ao ponto: a história é FALSA e, como já mostramos em várias outras pesquisas aqui do Caçador de Mistérios, possui várias características de um hoax , ou seja, uma farsa da web:

- possui um tom alarmista;
- usa LETRAS MAIÚSCULAS para chamar a atenção (em algumas versões, o texto vem em letras garrafais e em vermelho!);
- pede para ser repassada aos amigos;
- apresenta informações fantasiosas, e dados imprecisos;

O pior de tudo é que muita gente acaba repassando o e-mail, acreditando estar fazendo um bem a humanidade, ao ajudar o próximo!

No blog do Jornal CINFORM, o advogado e assessor jurídico, Cristobaldo Alves, nos ajuda a destrinchar essa história e separar o verdadeiro do falso.

Segundo Cristobaldo, a Lei 9503/97 é a que instituiu o nosso atual Código de Trânsito Brasileiro e determina que o prazo de validade das novas carteiras de habilitação é de cinco anos.

No entanto, esse prazo vale para motoristas com idade inferior a 65 anos. Para os condutores com idade igual ou maior a 65 anos, a renovação deve ser feita a cada três anos.

Cristobaldo cita André de Carvalho, assessor de imprensa do Detran, que afirma que existem, sim, casos ou situações excepcionais onde o motorista precisará que realizar novamente todo o processo de habilitação. São elas:

1 - quando o cidadão começa o processo e não o conclui ou é reprovado e não retoma o processo no prazo de um ano;
2 - quando condutor é condenado por algum crime de trânsito ou por ter causado acidente grave.

Nesses casos, conforme dito por Carvalho, o que estabelece o artigo 160 do Código de Trânsito Brasileiro combinado com o artigo 1º da Resolução nº 300 do CONTRAN, para voltar a dirigir o motorista terá que se fazer a todos os exames, inclusive de aptidão física, mental e psicológica.

No site do DETRAN de São Paulo há um alerta, postado no dia 30 de março de 2009, desmentindo toda essa história.

Segundo Mara Cruz - Assessora de Comunicação do Detran-SP - não existe prazo máximo para a renovação da carteira e o prazo para a renovação da CNH, depois de vencida, é de 30 dias (daí, talvez, a confusão!). Quem não renovar a CNH no prazo determinado pela legislação de trânsito estará infringindo o art. 161, do Código de Trânsito Brasileiro. Se o condutor nessa situação for pego em uma fiscalização de trânsito terá sua carteira apreendida, receberá uma multa gravíssima (R$ 191,54), 7 pontos na carteira e a retenção do veículo até a apresentação de um condutor habilitado.

Ou seja, existe um limite de 30 dias para renovação da carta, mas isso só vale para quem for pego dirigindo com o documento vencido. Passando esse prazo, o condutor pode ser multado além sofrer outras punições. Porém, a tal lei que cancelaria a carteira depois deste prazo e obrigaria o motorista a começar da estaca zero NÃO EXISTE!

O DETRAN do Rio Janeiro, em sua página na internet, também desmente essa história e sugere uma possível explicação para o surgimento desse boato eletrônico.

De acordo com o texto, essa confusão foi criada por causa da Resolução n° 276 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) - de 2008 - que determinava que apenas as carteiras de habilitação antigas, sem foto ou com foto colada, se estivessem vencidas, deveriam ser renovadas ou recadastradas. Caso contrário, os documentos seriam cancelados e seus proprietários teriam que começar o processo de habilitação do zero.

O DETRAN-RJ também diz que o objetivo dessa Resolução era o de acabar com as carteiras antigas, porém, uma deliberação posterior do próprio Contran, suspendeu os efeitos da Resolução n° 276. Ou seja, as PGUs não estão sendo canceladas.

Quanto ao trecho do texto que afirma que o extintor de incêndio deveria ser acondicionado fora do plástico, não há nenhuma legislação ou resolução proibitiva a respeito. O CONTRAN estabeleceu, com a Portaria nº 159, a mudança do extintor BC para o modelo ABC. Essa mesma Portaria obriga também que o cilindro terá a validade de cinco anos e não pode ser recarregado. Mas, segundo Cristobaldo Alves, o próprio CONTRAN poderá (ou não!) revogar e liberar a recarga. Então, é bom aguardarem a decisão antes de fazer qualquer coisa que ponha em risco você e quem está transportando.

Sobre esse boato, o DETRAN-RJ explica que "A Resolução n° 223 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) determina que o extintor de incêndio deve ser instalado, obrigatoriamente, na parte dianteira do veículo, ao alcance do condutor. Na vistoria do DETRAN, são verificados, no extintor, os seguintes itens: indicador de pressão, que não pode estar na faixa vermelha; integridade do lacre; presença da marca de conformidade do Inmetro; prazos da durabilidade e validade do teste hidrostático do extintor de incêndio, que não devem estar vencidos; e aparência geral externa em boas condições (sem ferrugem, amassados ou outros danos). Circular com o extintor fora do plástico é, portanto, uma questão de bom senso, já que o equipamento precisa estar pronto para ser utilizado rapidamente. O extintor não precisa ser, necessariamente, do tipo ABC."

Portanto, NÃO existe tal lei.

Continuarei a pesquisar e trazer a informação até você, leitor, porque eu sou Luiz Ramos, o CAÇADOR DE MISTÉRIOS! Até mais! Não esqueça de deixar seu voto para o Caçador de Mistérios no TOP BLOG 2010!

Fonte e Texto Original:
Blog Cristobaldo Alves
DETRAN - São Paulo
DETRAN - Rio de Janeiro
E-Farsas

quarta-feira, 9 de junho de 2010

O Astronauta de Salamanca


Boa noite a todos os leitores e visitantes do blog Caçador de Mistérios! Bem vindo a todos, especialmente aos novos seguidores Meire Ruiz, Carlos e Tuga: é muito bom tê-los na família dos Caçadores de Mistérios, estejam à vontade.

Aproveito para agradecer ao comentário de Meire Ruiz! Olá, amiga Meire, saiba que pode comentar sua opinião livremente. Não se preocupe com moderações, pois embora seja uma forma de tornar o blog "familiar" sem comentários indesejáveis, considero este procedimento meio duvidoso, pois a maioria dos blogueiros só iria optar por autorizar comentários elogiosos e excluiria os de crítica. Mas dentro de sua colocação, obrigado pela informação extra sobre o vídeo do Michael Jackson. Se eu encontrar os requisitos necessários, posto aqui. Já informo que visitei seus blogs e me interessei por um gadget que mostra Pessoas Desaparecidas. Tomei a liberdade de "pegar emprestado" para o Caçador de Mistérios, pois o tráfego aumentou e pode existir a chance de algum visitante reconhecer alguém. Agradeço desde já!

Bem, vamos ao tema de hoje! Uma estranha figura de um astronauta foi esculpida na fachada da Catedral de Salamanca construida há vários séculos! Será que é uma prova das "visitas" de outras dimensões? Entra em ação o Caçador de Mistérios!

Há muitos anos essa inacreditável imagem acima circula pela internet e deixa a todos intrigados. Nela, podemos ver a figura de um astronauta esculpido em uma das paredes da fachada de uma catedral que, segundo o texto que a acompanha, foi construída há vários séculos. Há também algumas versões que foram feitas como slide, em Power Point.

Vamos ao estudo do caso:
Primeira questão: Essas fotos foram alteradas?

NÃO! As imagens são REAIS! Isso mesmo! Não ouve nenhuma manipulação digital nas fotos! Enfim, o astronauta está lá mesmo!

Os detalhes do astronauta são incríveis: podemos notar o traje espacial, o capacete e, inclusive, as botas - com o solado igual ao das botas do primeiro homem a pousar na Lua, como podemos ver na imagem abaixo:

Questão número dois: A catedral existe mesmo?
SIM! A Catedral de Salamanca, que também é chamada de Catedral Nueva, fica em Salamanca, um municipio Espanhol em Castela e Leão e foi construída entre 1513 e 1733 nos estilos barroco e gótico.

Então, vem logo a questão número 3, que é a mais importante: A catedral verdadeiramente foi construída entre os séculos 16 e 18 e a foto é REAL! Então como explicar tudo isso? Como que as pessoas daquela época poderiam ter concebido a imagem de um astronauta, sendo que eles (os astronautas) só apareceriam, como conhecemos hoje, no século 20?

Apesar de parecer uma coisa sem explicação, uma simples busca na internet nos deu as respostas que queríamos:

No Google, ao procurarmos por "astronauta Salamanca", encontramos cerca de 90.600 respostas no mundo inteiro e, ao buscarmos somente nas páginas em português, obtivemos 15.300 respostas!

Não há nada de extraterreno na criação da escultura! Em 1993, houve uma reforma na catedral e, por causa de uma antiga tradição entre os restauradores e contrutores de igrejas, que é a de juntar motivos contemporâneos com os antigos, o responsável pela obra, Jerónimo Garcia, escolheu um astronauta como símbolo do século XX. Ou seja, a catedral é antiga, mas o astronauta, não!

A última pergunta é a seguinte: Como surgiu essa história?
Não conseguimos descobrir a origem dessa história, mas temos quase certeza de que tudo isso teve forte influência de um livro, lançado em 1963, chamado "Eram os Deuses Astronautas?" do suiço Erich von Däniken. No livro (que virou um documentário anos depois), Erich mostra - com fotos - alguns indícios de que, segundo ele, prova que já fomos visitados por seres de outros planetas e que eles fizeram vários cruzamentos com os primatas aqui na Terra, dando origem à humanidade!

Em algumas fotos, o autor mostra astronautas desenhados em cavernas de milhares de anos e gravuras esculpidas em templos antiquíssimos! Eram os Deuses Astronautas foi um livro de grande sucesso na época ao mostrar que vários povos adoravam seres que teriam vindo dos céus (astronautas) como deuses, daí o título do best seller. Apesar de algumas das teorias já terem sido desmentidas pela ciência, é inegável a contribuição que esse autor teve sobre o modo de pensar de toda uma geração e ainda hoje colhe os frutos de seu discutível trabalho.

Portanto, a foto é REAL! A história é FALSA! O astronauta está lá, mas foi esculpido em 1993!

Continuarei a pesquisar e trazer a informação até você, leitor, porque eu sou Luiz Ramos, o CAÇADOR DE MISTÉRIOS! Até mais! Não esqueça de deixar seu voto para o Caçador de Mistérios no TOP BLOG 2010!

Fontes e Texto Original:
Google
Astronauta Salamanca
Google Pesquisa em Português
Eram os Deuses Astronautas
E-Farsas

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Colírio Que Muda a Cor dos Olhos


Boa noite a todos! Mais uma matéria saindo do forno para vocês! Neste post, falaremos sobre um assunto que é altamente prejudicial para quem realizar. Infelizmente, por mais que a maioria de nossa juventude afirme ser esperta ainda agem e cometem ações bizarras como as que descreverei a seguir.

Ontem mesmo eu havia escutado de um adolescente, que estava conversando com o pai sobre uma tal coisa de colocar vodka nos olhos. Não entendi o motivo, mas logo achei que poderia ser "mais uma" coisa para se preocupar e relatar a vocês. Não deu outra. Aqui estou eu para falar um pouco sobre dois assuntos interligados: O Colírio que muda a cor dos olhos instantaneamente e a Vodka no olho. Entra em ação o Caçador de Mistérios!

O texto a seguir foi editado em algumas partes, mas deixarei sua estrutura semelhante ao site de origem.

Vários blogs, sérios e famosos inclusive, postaram sobre um suposto colírio que prometia mudar a cor dos olhos.

Tratava-se do Iro Color Eye Drops e que não sei de onde tiraram que seria um produto japonês.
O referido produto estaria prometendo mudar a cor dos olhos instantaneamente com apenas uma gota e seu efeito cessaria após umas 12 horas.

Veja abaixo um vídeo sobre o estranho caso:

Seria perfeito se fosse realmente possível, não é mesmo?

Vamos ao estudo do caso!
Esse colírio que muda a cor dos olhos NÃO EXISTE! É FALSO!
Isso não passa de uma das criações do RockGRoup, uma agência de marketing criativo especializada em desenvolvimento de branding, publicidade interativa e conceitos.

Em outras palavras, trata-se de uma galera fanática por publicidade que faz campanhas sérias para clientes mega importantes, mas que também gosta de brincar com conceitos. É o caso desse bendito colírio que além do vídeo ganhou até site oficial fazendo com que muitos levassem isso a sério.
O único modo mais fácil de mudar as cor dos olhos ainda é a lente de contato permanente ou descartável.

Entretanto, existe sim no mercado um colírio geralmente usado em pré-maquiagem para sessões de fotos, que promete remover o tom amarelado do branco do olho e realçar a cor da íris. Só que isso é explicado pelo site The Beauty Brains, editado por um grupo de cientistas que esclarecem dúvidas na área da estética, da seguinte forma:

Nós não encontramos nenhuma menção de qualquer mecanismo pelo qual a intensidade da cor da íris pode ser aumentada através de colírios. Assim, estamos supondo que, se o efeito de clareamento descrito acima realmente funciona, o que está acontecendo é que essas gotas aumentam a aparência da cor da íris, aumentando o contraste entre a parte branca do olho. Em outras palavras, a cor da íris aparece mais brilhante e mais profunda contra um fundo branco do que em relação a uma esclera (fundo branco) amarelada. Parece que esse tipo de alegação poderia ser facilmente apoiada em algumas pesquisas, mas não há nenhuma referência a qualquer tipo de estudos em qualquer um dos sites que nós olhamos.

Você pode usar um produto como colírio para “tirar o vermelho.” Mas se você realmente quiser fazer seu “branco” ficar mais branco, você precisa de uma solução mais drástica, como clareamento de olho por meio cirúrgico.

Existe outra situação que também pode ser mencionada como exemplo, que é o efeito colateral de um colírio usado no tratamento de glaucoma. Seu uso pode alterar gradualmente a cor dos olhos através do aumento do número de melanossomas (grânulos de pigmento) nos melanócitos. A alteração na cor da íris ocorre lentamente e pode não ser notada durante meses ou anos.

Em suma, o que dá pra entender é que os olhos sim absorvem substâncias, do contrário não fariam sentido os colírios que agem como antibióticos, anti-inflamatórios ou antiglaucomatosos por exemplo, mas acreditar no que sugere o conceito do Iro Color Eye Drops seria como acreditar em muitas das lendas explicadas neste blog.

De qualquer forma, se por ventura algum médico oftalmologista passar por aqui e quiser dividir novas informações sobre o tema, por favor sinta-se livre para usar o espaço nos comentários. Seria ótimo!
Afinal a medicina está em constante evolução e sempre surgem novidades.

Portanto: Colírio que muda a cor dos olhos: MENTIRA!

Agora, vamos falar sobre um caso mais alarmante: A Vodka no olho.

Uma brincadeira nada segura tem ganhado muitos adeptos e vídeos na internet. Para curtir uma "sensação diferente", os jovens têm colocado a bebida diretamente no olho.

A mania foi batizada de "vodka eyeballing" e também está ganhando adeptos na Europa, como informa o jornal "NY Daily News".

Na internet, mais de 800 vídeos de "vodka eyeballing" já foram postados. Comunidades na página de relacionamentos Facebook também discutem o assunto.

Veja o vídeo abaixo:

Sobre o caso, oftalmologistas ouvidos pela publicação alertam para os efeitos perigosos da brincadeira. Em médio prazo, os danos para a visão são percebidos pelo praticante.

Esta mania surgiu de adolescentes norte-americanos, que incrivelmente estão acreditando cegamente em um novo método de encher a cara (pelo olho).

A prática parece ter vindo das mulheres que servem bebidas em bares de Las Vegas, que fazem esse truque para ganhar gorjeta. Por causa disso, criou-se um mito de que o álcool seria absorvido mais rapidamente pela mucosa do olho e deixaria a pessoa alcoolizada mais rapidamente.

Oftalmologistas advertem que a absorção do álcool que é ingerido pela vias normais é maior e não apenas isso. A prática de jogar vodka no olho pode gerar inflamação na retina, conjuntivite, perda de visão e cegueira.

Um médico de Las Vegas, o doutor Kent Wellish, foi incisivo ao afirmar que, a menos que se queira ter uma sensação de sabão dentro do olho para o resto da vida, a brincadeira de beber vodka pelo olho não é recomendável.

A bobagem parece ter virado moda não só nos Estados Unidos, mas também na Inglaterra. Basta buscar por “vodka eye shots” no YouTube para encontrar vários vídeos com "pessoas maduras e sensatas" derramando bebida nos olhos.

Não há nem o que dizer, não é? MENTIRA, FRAUDE, FURADA, ETC...

Continuarei a pesquisar e trazer a informação até você, leitor, porque eu sou Luiz Ramos, o CAÇADOR DE MISTÉRIOS! Até mais! Não esqueça de deixar seu voto para o Caçador de Mistérios no TOP BLOG 2010!


Fontes e Sites Pesquisados:
Meio Norte
Notícias R7
Saber é Bom Demais
YOU TUBE

Vídeo de Michael Jackson Revelado


Boa noite a todos os visitantes, leitores e seguidores do Caçador de Mistérios! É muito bom tê-los aqui, ainda mais neste dia tão especial, que bateu o recorde do blog: chegamos ao pico de 92 visitantes online e 8.216 visitas até às 21h30! Parabéns a todos vocês, por se interessarem em assuntos que nos deixam mais preparados diante de tanta farsa na internet.

Bem, o nosso caso de hoje retorna a um assunto antigo: polêmicas envolvendo a morte de Michael Jackson. E desta vez, vamos falar do suposto vídeo dele saindo da ambulância! Será verdade ou mentira? Entra em ação o Caçador de Mistérios!

Veja o vídeo abaixo, que causou repercussões nos maiores noticiários do mundo e virou polêmica na boca dos fãs e céticos:

Bem motivador, não acham? Seria um grande furo de reportagem, mas vamos ao estudo do caso!

A rede de TV RTL afirmou ser a criadora do vídeo que mostrava o cantor Michael Jackson vivo alguns dias depois de sua morte!

O vídeo em questão foi divulgado no YouTube por algumas horas e alcançou mais de 800 mil acessos.

Com um pouco mais de 20 segundos, o filme mostra um furgão entrando em uma garagem de um prédio e, depois de estacionar, alguem abre a porta de tras deixando passar uma pessoa bem magrinha lembrando muito o cantor Michael.

Para dar mais veracidade ao filme, o carro mostrado no video tinha a palavra "Legista" na lateral e o numero da placa era o mesmo que o do furgão que levou o corpo de Jackson no dia de sua morte.

Mas, para decepção de muitos fãs, no final de agosto de 2009, a emissora mostrou como foram feitas as gravações em um making of, que pode ser visto no vídeo abaixo:

O filme que mostrava a fraude foi ao ar no programa Explosiv, da própria rede alemã RTL.
O porta-voz da RTL, Heike Schultz diz em entrevista: "Queríamos mostrar a facilidade dos usuários serem manipulados na internet com vídeos falsos, Por isso, criamos esse vídeo de Michael Jackson vivo, apesar de todo mundo saber que ele já está morto, e a reação foi de tirar o fôlego".

O porta-voz da emissora afirmou também que não esperava que o vídeo falso teria tanta repercussão!

Segundo ele, foram registrados mais de 3 milhões de comertários sobre o vídeo e que a intenção da RTL nunca foi a de ofende os fãs do cantor! Tanto que antes de colocar o vídeo na web, a emissora afirma ter divulgado um comunicadoà imprensa, avisando que o filme não era real mas mesmo assim alguns veículos especularam sobre uma suposta encenação da morte de Michael Jackson.

Portanto, infelizmente o vídeo é FALSO! Foi tudo criado pela rede de TV RTL.

Continuarei a pesquisar e trazer a informação até você, leitor, porque eu sou Luiz Ramos, o CAÇADOR DE MISTÉRIOS! Até mais! Não esqueça de deixar seu voto para o Caçador de Mistérios no TOP BLOG 2010!

Fonte e Texto Original:
E-Farsas
YOU TUBE - Original
YOU TUBE - Explicação
Google Analytics Alternative